sábado, 19 de fevereiro de 2011

O cúmulo do absurdo


Pr Marco Feliciano e outros deputados evangélicos votaram contra o salário mínimo de R$600. Confira a lista completa.

 

Esta semana foi votado na Câmara em regime de urgência o novo salário mínimo nacional, entre os valores apresentados haviam propostas de R$545 (feita pelo governo com aumento de R$5 no salário atual), R$560 e R$600.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica GospelMais uma vez a bancada do governo venceu e aprovou o aumento de apenas R$5. A grande maioria dos brasileiros pediu o aumento do salário mínimo para R$600. Dentre os que votaram contra o aumento para R$600 estão alguns deputados evangélicos, confira a lista abaixo:
Lauriete (PSC-ES) – Cantora Gospel
Marcelo Aguiar (PSC-SP) – Cantor Gospel
Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) – Cantor e Pastor
Silas Câmara (PSC-AM) – Pastor, líder da Assembléia de Deus no amazonas e irmão do Pr. Samuel Câmara
Takayama (PMDB-PR) – Pastor

A justificativa de alguns seria que os políticos devem votar e aprovar os projetos que os partidos filiados mandam. A maioria dos que votaram contra são do PSC, Partido Social Cristão.
Fonte: Gospel+

 reportagem tirada do site:http://noticias.gospelmais.com.br

 

Um comentário:

  1. ó vergonha para os verdadeiros crentes em Jesus,não sei o que pensar sobre esses políticos,mas sei de um coisa que no tempo de Deus o joio será tirado do meio do trigo .

    ResponderExcluir